Dúvidas Frequentes

Qual material é coletado para a realização do exame toxicológico de larga janela de detecção?

A dosagem é realizada a partir de amostras de pelos corporais ou cabelos.

A empresa precisa esperar o resultado do exame para fazer a admissão?

É o mais indicado, porém não é necessário. Fica a critério da empresa admitir o colaborador antes de sair o resultado dos exames, porém é preciso que a empresa providencie um comprovante informando que o funcionário já foi submetido ao teste e a data prevista para entrega do resultado.

Quem precisa realizar o Exame Toxicológico?

- Motoristas que precisam emitir e renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E, tanto na pré-admissão quanto no desligamento dos mesmos, de acordo com a CLT.

- No dia 12 de abril de 2021, entrou em vigor a Lei 17041, neste sentido, há obrigatoriedade da realização do exame toxicológico a cada 2 anos e meio para as categorias C, D e E para condutores com CNH válida por até 5 anos (com idade inferior a 70 anos);

- Participantes de concurso público em casos que o edital prevê a dosagem em amostras de pelos ou cabelos



O que o Exame Toxicológico detecta?

O Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção identifica o uso de substâncias psicoativas por um período de mínimo de 90 dias.  A coleta de pelos corporais abrange uma janela de detecção automática de 180 dias). Ele releva hábitos e costumes do indivíduo, inclusive se houve uso de substância psicoativa nesse período



Quais substâncias o exame identifica?

O exame só vai pesquisar as drogas solicitadas pela legislação, que são:


Dúvidas Frequentes

Quais drogas NÃO são solicitadas pela legislação?

As drogas não pesquisadas no exame do cabelo são:

ANABOLIZANTES;

ESTERÓIDES;

EFEDRINA;

FENFLURAMINA;

METILFENIDATO ( TAMBÉM CONHECIDO COM RITALINA);

REPTIFUEL;

TERMA PRÓ.

Fatores que não interferem no resultado do exame toxicológico?

Tinturas, shampoos, cremes, gel, spray, fixadores e processos de química para alisamento.

Posso coletar pelos do corpo ao invés de cabelo?

Sim, porém devido a sua fisiologia diferenciada e por ter um crescimento mais lento, a quantidade necessária de pelos para a realização do exame difere da quantidade de cabelo. Na coleta de cabelo, aproximadamente 120 fios (a espessura de um lápis) com 4cm de comprimento são suficientes para realização do exame. Para a coleta de pelos do corpo, a quantidade necessária para a realização do exame é equivalente a uma bola de algodão com 2 cm de diâmetro.

Como são identificadas as substâncias psicoativas através do cabelo?

O cabelo é desenvolvido no folículo piloso e está diretamente ligado a vasos e artérias capilares, desta forma, cada folículo tem seu próprio suprimento de sangue. As substâncias ingeridas pelo indivíduo são absorvidas internamente pelos fios, através da corrente sanguínea que nutre essas regiões.

O cabelo cresce em média 1 cm ao mês, o que equivale a janela de detecção do uso de drogas no período de 30 dias. Sendo assim, para que o exame contemple de 90 a 120 dias de janela de detecção, como a lei estabelece, necessita-se de, no mínimo, 4 cm de cabelo. Essa informação é relevante para a definição do local de coleta.

Caso o cabelo não tenha o comprimento necessário para abranger o tempo de detecção solicitado, a coleta deve ser direcionada para os pelos corporais. Estes, devido a sua fisiologia diferenciada, possuem um crescimento mais lento, e a quantidade necessária para a realização do exame seria o equivalente a uma bola de algodão com 2 cm de diâmetro.